Um agradecimento...

Um agradecimento…

06 de dezembro de 2017
 |  Joelson Vellozo

No último dia 1º de dezembro, sexta-feira, encerramos mais uma etapa do Censo de Serviços Públicos que temos conduzido, desde o início do ano, com a Escola Nacional de Administração Pública – ENAP e apoio irrestrito da Casa Civil da Presidência da República.

 

Até agora, temos 1.114 serviços mapeados na administração indireta e 627 na administração direta. Isso totaliza 1.741 serviços públicos federais que já estão sendo carregados no Portal de Serviços do Governo Federal (www.servicos.gov.br), onde ficarão disponíveis para acesso e avaliação de cidadãos, empresários, representantes de organizações sociais e de outras entidades públicas ou privadas.

 

Além de ser ferramenta fundamental de transparência pública, o Portal tem o objetivo de ser canal de participação (via avaliações de serviços, por exemplo) e de prestação digital de serviços públicos. É a grande “vitrine” do projeto Plataforma de Cidadania Digital (www.planejamento.gov.br/cidadaniadigital), que tem oferecido aos órgãos e entidades do governo federal ferramentas e metodologias para a digitalização dos seus serviços.

 

O esforço do Censo é inédito e muito complexo. “Suspeitávamos desde o princípio!”. :o)

 

Na verdade, temos aprendido enquanto fazemos, pois situações novas surgem a todo momento. Abraçamos o espírito “Inovagov” e fomos em frente. Teste, aprendizado, teste, aprendizado… A verdade é que, com boas parcerias e boa intenção, atingimos em menos de um ano um patamar de consciência e informação sobre os serviços públicos federais de que não se tinha notícias até aqui. Poucos países no mundo fizeram este esforço e, entre os que fizeram, em nenhum deles o projeto realizou-se em apenas 12 meses. No nosso caso, o projeto não termina agora, uma vez que há um esforço específico para Instituições Federais de Ensino Superior a ser realizado. Mas concluímos parte significativa do trajeto em pouquíssimo tempo.

 

É bem verdade que, por ser um esforço inédito também para as organizações públicas, o Censo não gerou a qualidade e a diversidade de informações que definiríamos como ideais. Mas é verdade também que não esperávamos vencer uma cultura instalada por décadas em apenas 12 meses. No setor público, somos, em geral, desacostumados a falar a língua do cidadão, com o nível de transparência e qualidade que uma sociedade madura merece e reivindica. Não estamos acostumados a sequer entender nossos serviços. “Será que o que faço é serviço público?”, ouvimos várias vezes. Sem contar as dificuldades de boa documentação e estatísticas sobre os serviços que oferecemos. “Quem é mesmo o meu usuário?”, “Quantas transações este serviço tem por ano?”, ouvimos outras tantas. Ééé… trabalho radical este em que nos metemos! hehehe…

 

Enfim! Sabíamos que o Censo não é ponto de chegada. Ele é o ponto de partida. Finalmente, a partir de agora, teremos quase 2 mil serviços (esperando coletar alguns novos nos próximos dias e, com certeza, vários das IFES durante o próximo semestre) com informações disponíveis e facilmente acessíveis aos cidadãos e aos gestores de serviços, que poderão atualizar de forma bem prática suas “cartas de serviço” no Portal.

 

Com tudo isso, só nos resta agradecer o empenho fundamental dos órgãos e entidades e, principalmente, dos nossos colegas servidores que participaram até aqui deste processo. Fizemos história juntos, com certeza (e isso inclui você, ENAP! Basicamente, nada disso existiria sem vocês). Se alguns resultados ficaram aquém do esperado ou não puderam ser alcançados neste momento do projeto, tenhamos a convicção de que este “experimento”, além de útil para a sociedade, tem o benefício de ser ajustado e aperfeiçoado daqui pra frente. Quem sabe outros entes federados não embarcam nessa? :o)

 

Vamos em frente, pois o “ótimo é inimigo do bom”. E, apesar de a sociedade almejar (e merecer!) o ótimo, ela tem pressa pelo bom!

 

obs. 1: quer saber porquê estamos fazendo isso tudo? O Marcos Flores explica aqui!

obs. 2: veja o vídeo promocional do Censo aqui!

obs. 3: em breve teremos relatórios e dados abertos sobre este conjunto de serviços. Fique ligado! 

 

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick