Transformar é preciso...

Transformar é preciso…

13 de março de 2018
 |  Bruno Palvarini

O jornal Valor Econômico reproduz resultados do estudo conduzido pela Ministério do Planejamento e pela Enap em relação a serviços públicos. Mais de 75% deles não têm qualquer tipo de avaliação pelo usuário e apresentam baixo grau de digitalização. Em uma perspectiva mais ampla, há um grande espaço para avançar. O mapeamento – ou o censo, como o levantamento costuma ser chamado – identificou 1.740 serviços públicos prestados a pessoas físicas, empresas e entidades.

O Secretário de Gestão, Gleisson Rubin chama a atenção para o fato de que outros países elegeram a prestação eletrônica de serviços como uma das prioridades no relacionamento entre o Estado e a população, enquanto tal agenda até recentemente ficou à margem no Brasil. “O processo de inclusão digital é acelerado e irreversível. Mesmo em um país como o Brasil, com muitas desigualdades, não dá para falar em barreira de acesso a canais digitais pela população. Ambiente digital está incorporado aos hábitos dos brasileiros e isso faz com que essa desconexão do governo em prestar serviços em meios digitais seja até mais grave”, comentou Gleisson.

Ainda segundo o Secretário, “este censo é um ponto de partida para uma estratégia de digitalização de serviços, sabendo o que deve ser atacado, onde existe maior potencial de digitalização”

A matéria completa você confere aqui.

0

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

INOVAGOV

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick