Startups brasileiras que bombaram em 2016

29 de dezembro de 2016
 |  Coordenação Sustentação DEIOP
Quando a gente fala que a crise é uma ótima oportunidade para inovar, não estamos brincando! Com toda a recessão que marcou 2016, alguns empreendimentos inovadores conseguiram crescer bastante, com destaque para as startups. 
Bruno Rondani, do
Movimento 100 Open Startups, e que também participou da organização da Semana de Inovação em Gestão Pública promovida pelo MP, TCU e Enap em 2015, afirma: “A entrada das gigantes no ecossistema de startups ajudou os negócios a
captarem mais recursos e a se financiarem, seja por meio de acelerações e
investimentos ou pela compra de projetos. Por outro lado, o governo ficou de fora
desse movimento. Faltou investimento público em 2016.” (Olha nós aí perdendo o bonde…)
Confira quais foram as startups que souberam aproveitar melhor os movimentos
trazidos por 2016:

1. Contabilizei

Plataforma de contabilidade para micro e pequenas empresas que ajudou seus clientes a economizarem 25 milhões de reais neste ano.

2. Dr. Cuco

Aplicativo que permite receber lembretes de medicamentos para doenças como colesterol alto, diabetes e hipertensão, por exemplo.

3. Me Passa Aí

 Estudantes assinam o serviço e acessam videoaulas produzidas por alunos que se destacam.

4. Exact Sales

Software para gerar eficiência especificamente em vendas complexas que faturou 2,1 milhões de reais no primeiro semestre de 2016.

5. GuiaBolso

Aplicativo que exporta e categoriza automaticamente todos as receitas e despesas da conta bancária do cliente ajudou seus usuários a economizarem mais de 200 milhões de reais este ano.

6. In Loco Media

Desenvolveu uma tecnologia de geolocalização mais preciso que o GPS – útil principalmente em ambientes internos.

7. Love Mondays

Ajuda profissionais a conhecer 75.000 empresas e candidatar-se a vagas.

8. Méliuz (essa eu conheço e amooooo!)

A Méliuz é um programa de fidelidade que, em vez de dar pontos, devolve parte do seu dinheiro direto na conta.

9. Movile

Uma das maiores startups do Brasil, responsável por aplicativos como iFood e
PlayKids. É o negócio mais cotado para se tornar o primeiro unicórnio brasileiro (negócios avaliados em um bilhão de dólares ou mais).

10. Nubank (Nós até já falamos dela no blog, leia o post

Cartão de crédito administrado totalmente online e sem taxa de administração. Provavelmente a startup mais popular de 2016.

Para ler a matéria completa, acesse a notícia.

Posts Relacionados

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick