Prêmio Transformador Digital: um reconhecimento a quem faz a diferença para melhorar os serviços públicos 11

Prêmio Transformador Digital: um reconhecimento a quem faz a diferença para melhorar os serviços públicos

30 de novembro de 2018
 |  Marcos Ricardo dos Santos

O desejo de oferecer serviços públicos melhores, mais ágeis e mais baratos é compartilhado por muitos. Mas a verdadeira mudança depende essencialmente do engajamento das pessoas no processo de transformação.

Reconhecendo o trabalho de alguns servidores que arregaçaram as mangas para melhorar os serviços que ofertam à sociedade, a equipe da Plataforma de Cidadania Digital entregou, durante a 4ª Semana de Inovação, nove prêmios de “Transformador Digital” para gestores públicos que fizeram a diferença no processo de transformação digital ao longo de 2018.

O transformador digital Fernando Mendes, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), foi premiado por coordenar o serviço de emissão de certificado veterinário internacional, usado por quem quer viajar para o exterior com um cão ou gato. Esse foi o primeiro serviço transformado utilizando a solução completa de automação da Plataforma de Cidadania Digital, que inclui login, solicitação e acompanhamento eletrônico e avaliação por parte do usuário. Também do MAPA foram premiados os transformadores digitais Paulo Fresneda e Noêmia Leão, responsáveis por integrar nada menos do que 19 serviços à Plataforma – o que fez do MAPA o órgão com o maior número de serviços com processo de automação em curso. Eles foram os pioneiros em acreditar e apostar na iniciativa. 

A equipe do Programa Cisternas do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) conquistou um recorde: o serviço automatizado em menos tempo. Foram apenas 51 dias do início do processo até o serviço em produção, um feito que só foi possível graças ao esforço dos transformadores digitais Vitor Leal e Yara Farias.

Foram premiados também os gestores de três serviços cuja transformação mais geraram impacto (e economia) para a sociedade. Em cada serviço automatizado na Plataforma de Cidadania Digital, aplica-se uma metodologia de modelo de custos, a fim de medir o impacto econômico da transformação, tanto para a sociedade quanto para o governo. Neste quesito foi premiado o Coronel Rafael Aquino, do Ministério da Defesa – Comando do Exército, pelo sucesso da automação do serviço militar obrigatório, que impacta 1,8 milhão de jovens a cada ano e cuja automação permitirá uma economia anual de R$ 118 milhões para a sociedade e de R$ 181 milhões para o governo.

No quesito impacto e economia foi também foi premiado o transformador digital Ailton Matos Jr., do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), pela digitalização dos serviços de aposentadoria por idade e de solicitação online de salário maternidade, que passaram a digitais pelo aplicativo e portal “Meu INSS”.

O serviço de emissão do certificado internacional de vacinação, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também foi reconhecido. Coordenado pelos transformadores digitais Marcus Miranda de Araújo e Rodolfo Navarro, é um serviço que atende a mais de 2 mil pessoas por dia, e cuja transformação representará uma economia anual de 89,3 milhões para sociedade e de R$ 30,7 milhões para o governo.

Foco no usuário

Considerando que a satisfação do usuário é o principal objetivo da transformação digital, foram premiados também os serviços mais bem avaliados no Portal de Serviços. Neste quesito foi premiado o transformador digital Orlando Gomes Garção, responsável pelos serviços do Portal Patrimônio de Todos, do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), que têm hoje a melhor média de avaliação por parte dos usuários, entre os serviços automatizados. Também foi premiada a Ouvidora do Ministério da Justiça (MJ), Maria das Graças Almeida, por manter as descrições dos serviços do MJ com mais avaliações positivas no Portal de Serviços.

Por fim, além dos gestores de negócio, a transformadora digital Renata Gomes, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foi premiada por coordenar a equipe de TI mais parceira da Plataforma de Cidadania Digital.

No fim do evento, uma surpresa: os nove premiados participaram de um jogo de perguntas sobre o Portal de Serviços. O vencedor foi Ailton Matos Jr., do INSS, que participará de um curso de transformação digital na Dinamarca, a convite do governo dinamarquês, um parceiro estratégico do Ministério do Planejamento no processo de transformação digital de serviços públicos.

 

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick