Já dizia o Velho Guerreiro...

Já dizia o Velho Guerreiro…

06 de fevereiro de 2018
 |  Bruno Palvarini

Ok, a imagem não é do verdadeiro Chacrinha – mas do ator Stepan Nercessian o homenageando.

O certo é que Chacrinha foi um grande comunicador do rádio e da TV e, de forma bem-humorada, sua dica quanto à importância de estarmos sempre em sintonia com nossos interlocutores parece ainda mais atual nos dias de hoje, época de redes sociais e de “true and fake news”.

As ferramentas digitais de interação que dispomos são fantásticas e em muitos casos o grande desafio é saber como bem usá-las. Vou mais além: em algumas situações, nós é que acabamos sendo o empecilho para uma comunicação efetiva, principalmente por estarmos acostumados com outros métodos de enxergar a realidade (por exemplo, você poderia dizer “por que esse cara está gastando tempo escrevendo esse texto quando poderia gravar um vídeo de dois minutos no YouTube e dar o seu recado?”).

Lembrei-me de outra história que ocorreu há alguns anos e que demonstra a diferença de visões para o mesmo fato, produzindo efeitos bem distintos.

Em 2014 o Paul McCartney havia se recuperado de um susto que o levou a ficar internado no Japão e estava em Omaha, Nebraska, para realizar um show na cidade. Aproveitou um dia de folga e foi a uma famosa sorveteria local para trocar umas ideias com o mega-investidor Warren Buffett. Imagine a cena: você na fila do caixa para comprar seu “meio chocolate, meio flocos” e dando de cara com duas lendas vivas do nosso século. O que você faria?

A maior parte das pessoas registrou o evento sacando seu celular e clicando na(s) celebridade(s), como na foto abaixo – postada na Internet:

Já dizia o Velho Guerreiro... 1

Legal, não? Porém, o alcance (quantidade de “curtidas”) de posts assim foi bastante tímido perto do potencial que era “estar do lado do Paul McCartney (e/ou do Warren Buffett) em uma bela tarde de verão”.

Tom White, um garoto de dezesseis anos, teve uma inspiração um pouco diferente: pediu a seu amigo Luke Koesters para apontar a câmera do celular para ele, enquanto simulava uma selfie junto de Macca e Buffett, acrescentando um comentário em seu post no Facebook do tipo “olha só eu dando um rolezinho com meus brothers Paul e Warren em Omaha…”.

Já dizia o Velho Guerreiro... 2

A foto bombou imediatamente nas redes e o próprio McCartney a curtiu, comentou e compartilhou em seu perfil, gerando um alcance infinitamente maior.

Trabalhar em rede pressupõe manter a comunicação sempre ligada, alerta, buscando pontos de indução como o de Tom White, os quais às vezes ocorrem sem que nós os tenhamos pretendido originalmente (duvido que ele tenha imaginado o Beatle dando condição à sua publicação…). O mesmo ocorre quando precisamos de uma boa presença junto aos usuários de serviços públicos, para ouvi-los e construirmos coletivamente soluções que irão atendê-los.

Pois, como dizia o parceiro mais famoso de Paul em tempos distantes, “eu sou ele / da mesma forma que você é ele / e você sou eu / e estamos todos juntos”.

 

 

0

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

INOVAGOV

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick