Glossário de inovação

03 de junho de 2015
 |  Coordenação Sustentação DEIOP

Os últimos dias, desde minha volta, têm sido de imersão total no mundo da inovação. Nesse percurso, me deparei com um monte de expressões e com uma sopa de letrinhas que não conhecia. Fui montando, para meu próprio consumo, um glossário, sem muita preocupação formal (verão que há definições em diferentes idiomas, além de um bocado de referências da Wikipedia, cuja autoria é sempre bom verificar). Alguns exemplos:

Design thinking
É o conjunto de
métodos e processos para abordar problemas, relacionados à aquisição de
informações, análise de conhecimento e propostas de soluções. Sua principal
premissa é que, ao entender os métodos e processos que designers usam ao
criar soluções, indivíduos e organizações seriam mais capazes de se conectar
e revigorar seus processos de criação a fim de elevar o nível de inovação.
O design
thinking
busca diversos ângulos e perspectivas para solução de problemas,
priorizando o trabalho colaborativo em equipes multidisciplinares em busca de
soluções inovadoras. Dessa forma, busca-se “mapear a cultura, os contextos,
as experiências pessoais e os processos na vida dos indivíduos para ganhar
uma visão mais completa e assim, melhor identificar as barreiras e gerar
alternativas para transpô-las”. Para que tal ocorra, O Design Thinking propõe
que um novo olhar seja adotado ao se endereçar problemas complexos, um ponto
de vista mais empático que permita colocar as pessoas no centro do
desenvolvimento de um projeto e gerar resultados que são mais desejáveis para
elas, mas que ao mesmo tempo financeiramente interessantes e tecnicamente
possíveis de serem transformados em realidade.
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Design_thinking)
Incubadora
Uma incubadora
de empresas, ou apenas incubadora, é um projeto ou uma empresa que tem como
objetivo a criação ou o desenvolvimento de pequenas empresas
ou microempresas,
apoiando-as nas primeiras etapas de suas vidas.
As incubadoras universitárias
de empresas têm como objetivo abrigar empresas inovadoras frutos de projetos
de pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico. Nelas a universidade
busca fornecer um ambiente propicio ao desenvolvimento da empresa, dando
assessoria empresarial, contabilística,
financeira
e jurídica,
além de dividir entre as várias empresas lá instaladas os custos de recepção
telefonista, acesso a internet
etc. formando um ambiente em que essas empresas selecionadas têm maior
potencial de crescimento.
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Incubadora_de_empresas)
Innovation roles
Innovation roles are formal or semi-formal positions/functions within
an organisation that are recognised as helping the innovation process. They
may be an explicit part of job descriptions or may be more informal roles
that people voluntarily take on.
Innovation roles may be connected to specific Innovation Teams or
functions relating to Ideas Management Systems.
Innovation Teams
(i-teams)
Dedicated teams, units and funds to structure and embed innovation
methods and practices in government. i-teams are an asset, helping others to
achieve very complex goals. They are a catalyst. They actively engage with
and task delivery to government agencies, moving rapidly from ideas to
transformed services or policies.
(http://www.nesta.org.uk/blog/how-create-successful-innovation-team-dont-make-it-responsible-innovation)

 

Se tiverem interesse em consultar ou colaborar para rechear o glossário, coloquei o arquivo na rede, em L:GMASEGEArvore PropostaInovaGovGlossario de inovacao.doc.

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick