Especialista canadense fala de modelo de governo modernizador

01 de junho de 2015
 |  Coordenação Sustentação DEIOP
Iniciado na tarde do dia 26 de maio de 2015, o “VIII Congresso Consad de Gestão Pública” recebeu a
presidente do Instituto de Governança do Canadá, Maryantonett
Flumian, para a conferência magna “Caminhos para a melhora da
eficiência e da qualidade dos serviços públicos”.
Promovido pelo
Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração, o
evento foi encerrado no dia 28/05/2015 e foi realizado no Centro de Convenções
Ulysses Guimarães, em Brasília.
Considerada uma das maiores
especialistas em gestão pública do mundo, Maryantonett apresentou o
modelo de governo modernizador, que visa atender, de forma totalmente
centralizada, as demandas do cidadão. Para ela, a administração
pública deve estar focada em resultados.
A gestora atentou que os governos
precisam estar mais atentos às exigências da sociedade,
principalmente em um momento em que a agilidade das mídias digitais
tornam as demandas mais urgentes. “A confiança no governo é
influenciada pela experiência diária do cidadão de obter e receber
serviços públicos de forma fácil, rápida e eficiente. As
tecnologias devem ser pontuadas a nosso favor”, frisou.
Foco no cidadão
Um dos estudos apresentados pela
presidente do Instituto de Governança do Canadá foi um mapeamento
realizado naquele país sobre os trabalhos governamentais com pessoas
que têm necessidades especiais. Na pesquisa, percebeu-se o excesso
de gastos, duplicidades de ações e outros fatores que oneravam o
governo.
Maryantonett explicou que “em
questões como essas, é preciso desenvolver modelos necessários
para o tipo de aplicação de todos os processos, pensando em tudo o
que se quer utilizar”. E completou: “A equipe de governança
precisa entender que o trabalho se desenvolve com foco no cliente”.
De acordo com a especialista, a
centralização deve estar no cidadão, de forma com que todos os
serviços cheguem até eles de forma rápida e eficaz. No caso desse
estudo, houve uma otimização do uso do papel em documentos, que
passaram a ser digitalizados.
Ela finalizou a sua apresentação
estimulando o público a buscar sempre ideias novas, pensando sempre
na diminuição dos custos e em atingir melhores resultados. “Sonhe
grande e faça a diferença. Não desistam, porque o futuro do Brasil
está nas pessoas que estão nesse auditório hoje”, concluiu.
Sobre o Instituto de Governança
Fundado em 1990, o Instituto de
Governança do Canadá é uma instituição de interesse público
independente, sem fins lucrativos. Nos últimos 20 anos, tem avançado
em compreensão e prática de boa governança naquele país, com os
governos federais, provinciais, municipais e indígenas, organizações
não-lucrativas em 35 países, incluindo projetos no Iraque, China e
Botswana.
O trabalho da entidade é marcado
pela inovação, colaboração, excelência e uma abordagem sensível.
Visa preencher a necessidade de conhecimento, pesquisa e
aconselhamento sobre a boa governança.
Texto: Larita Area
Foto: Grupo K
Obs.: Visite o sítio do “Instituto de Governança do Canadá” (Institute on Governance / Institute sur la Gouvernance) no endereço eletrônico http://iog.ca/

Posts Relacionados



0 Comentários

Deixe um comentário:

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick