Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias (resenha)

30 de janeiro de 2017
 |  Coordenação Sustentação DEIOP
Design
Thinking
” (“Change by Design”, no original) já foi citado aqui no blog da Rede InovaGov e agora trago uma resenha deste livro escrito por Tim Brown.
O Design Thinking (DT) tem se tornado
nos últimos anos um termo cada vez mais associado à inovação (tanto no setor privado
e também com experiências no setor público), sendo tratado como uma metodologia
para a criação de novas ideias.  No entanto, ainda há muita mistificação
sobre o DT, como a exigência de conhecimentos específicos em design ou “ser
criativo” e até questionamentos sobre o Design Thinking não apresentar
nada de realmente novo, sendo apenas a “modinha da vez”. Neste contexto, o
livro “Design Thinking” de Tim Brown é uma leitura muito interessante sobre o
assunto. Como entusiasta do Design Thinking e CEO da IDEO – empresa
notável pelo uso e popularização da abordagem – o autor, Tim Brown, de fato não
apresenta uma visão neutra sobre o DT. Ao contrário, o livro busca apresentar o
Design Thinking como uma abordagem que pode levar à novas experiências e
produtos inovadores em virtualmente qualquer área, de novos produtos que podem
gerar lucros para grandes empresas até inovação social.  Mais do que um
processo ou método, o Design Thinking é uma forma diferente de se olhar
o mundo ao seu redor, repensar problemas primeiro e só então buscar soluções
inovadoras.
O livro é dividido em duas partes: a primeira,
“O que é design thinking?”, é dedicada a apresentar e explicar os
elementos fundamentais da abordagem. Um aspecto crucial do Design Thinking é
que o seu foco deve ser as pessoas, isto é, uma solução criada pelo DT deve ser
capaz de resolver um problema das pessoas ou ser capaz de criar uma nova
experiência para pessoas. Por esse motivo, a empatia – capacidade de se
colocar no lugar do outro – é um dos seus elementos essenciais. Os outros dois
são a colaboração (compartilhar ideias e perspectivas para o surgimento de insights
e ideias, envolvendo ativamente não apenas os projetistas, mas também outros stakeholders
no processo, como os próprios clientes) e a experimentação (representada pela
prototipagem e pelo princípio de que é importante testar protótipos diversas
vezes para se descobrir falhas e erros e aprender com eles). Uma outra
característica do Design Thinking é o uso de ciclos de pensamento
divergente e convergente como forma de se refletir sobre contextos e situações
e promover a redefinição de problemas e soluções.  Há de observar que
embora o aspecto da desejabilidade pelas pessoas seja o ponto de partida do DT,
a solução final deve também levar em consideração a viabilidade financeira e a
possibilidade técnica. 
A segunda parte do livro, “E agora, para onde
vamos?”, destaca o potencial transformador do Design Thinking por meio
de diversos exemplos da aplicação da metodologia, seja como abordagem sistemática
à inovação empresarial ou na promoção de inovação social, provocando mudanças
organizacionais e também comportamentais.
Dito isso, cabe observar que o livro não é um
guia ou material didático para aplicação prática do Design Thinking,
e que quem for procurar o livro com esse objetivo provavelmente se
decepcionará. O livro é abarrotado de exemplos de sucesso sobre o uso do Design
Thinking
– muitos casos são de clientes da IDEO  –, mas eles são
apresentados de forma a destacar os princípios e elementos da abordagem, não de
serem verdadeiros estudos de caso. Por fim, não se deixe enganar pelo texto da
quarta capa da edição brasileira do livro “Design Thinking”: este não
é
um “guia para líderes criativos que buscam propor o design thinking
em todas as facetas de suas organizações”. O próprio Tim Brown deixa bem claro
no prefácio à edição brasileira que um dos objetivos do livro é “persudiar [o
leitor] independentemente de sua profissão ou da função que desempenha,
de que o design thinking pode ser aplicado aos desafios de negócios que
todos nós enfrentamos todos os dias”.
Título: Design
Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias
Título original: Change by Design:
How Design Thinking Transforms Organizations and Inspires Innovation
Autores: Tim Brown

Edição brasileira: Elsevier
Editora, 2010. 249 páginas.

Posts Relacionados

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick