Rascunho automático 33

Cultura Ágil

13 de novembro de 2018
 |  Talita Dantas
Muito mais que um framework

Quando se fala em inovação, em grande medida, pensa-se em metodologias ágeis. Como marco inicial das referidas metodologias o agile coach Andy Barbosa se reporta ao Manifesto Ágil, de 2001.

De acordo com Andy, muito mais importante que o uso de frameworks é a adoção de princípios e valores relacionados à cultura ágil, assim entendida como uma cultura de renovação, resgate e ressignificação do trabalho.

Ao contrário do que se pensa, agilidade não se restringe à rapidez. Ela diz respeito muito mais aos hábitos e comportamentos voltados ao trabalho cooperativo, inspeção, transparência, adaptação e flexibilidade.

Esse é o tema do EtoCast 003. Confira:

1

Posts Relacionados



1 Comentário

  • Franklin
    Franklin disse:

    Parabéns pelo tema. É interessante como um tema quê já está rodando desde 2001 ainda não é pauta, fora da T.I, no serviço público. Mas, acredito que o momento certo é o quando alguém começa a fazer. Será o momento de mudarmos os principios adm para os princípios ÁGIL ?

Deixe um comentário:

Assine nossa revista


POSTS PUBLICADOS

Agencia Mobidick